jardins

phoca thumb l 2017 09 30 2914

30-09-2017

Jardim Botânico do Porto

Rua do Campo Alegre, 1191

4150-181 Porto, Portugal

Links externos:

Mapa geral

 

A entrada pela Rua do Campo Alegre vai dar à Casa Andresen. No hall de entrada há um balcão de atendimento atrás do qual estão uma pessoas com ar de tédio e que não têm informação para responder a perguntas simples ou uns singelos folhetos para distribuir. As primeiras impressões de abandono e de falta de orçamento foram confirmadas durante o resto da visita, que acabou por ser bastante curta.

Actualmente, os seus 4 ha estão organizados em três patamares, cada um com características próprias. A sul, onde se situa grande parte do Arboreto e o lago, as trazeiras são rodeadas pela Via de Cintura Interna. 
 
Patamar 1
  • Casa Andresen
  • Jardins formais
phoca thumb l 2017 09 30 2922  Jardins formais
Patamar 2
  • Jardim de plantas xerófitas
  • Estufas
phoca thumb l 2017 09 30 2937  Xerófitas
Patamar 3
  • Arboreto: 
    • coníferas
    • plantas autóctones
    • fetário 
  • Lago maior
   
 
phoca thumb l 2017 09 30 2883

30-09-2017

Parque de Serralves

Fundação Serralves
R. Dom João de Castro 210, 4150-417 Porto

Links externos:

Mapa

 

O Parque de Serralves tem 18 hectares e é composto por jardins formais, matas e uma quinta tradicional. Inclui mais de 8000 exemplares de plantas lenhosas, representando 60 famílias, 135 géneros, 230 espécies e variedades, nativas e exóticas.

 
 
Zona alta
  • Alamedas arborizadas (Alam. dos liquidambares, Parterre central e lateral, Jardim das Camélias, Roseiral, Jardim do Relógio de Sol  e campo e ténis)
phoca thumb l 2017 09 30 2878      Zona alta
  • Bosques (Bosque das Faias e Arboreto)
  • Clareiras (Clareira das Bétulas, Clareira dos Teixos e Clareira das Azinheiras)
 
Zona de transição
  • Mata
phoca thumb l 2017 09 30 2898      Zona de transição
  • Bosque do lago
 
Zona baixa
  • Pastos
phoca thumb l 2017 09 30 2906      Zona baixa
  • Jardim das Aromáticas
 

 

phoca thumb l DSC 1278

19 Mai 2016

Ogród Botaniczny Uniwersytetu Jagiellońskiego

ul. Kopernika 27, 31-501 Kraków (Polónia)

Links externos:

Mapa do Jardim Botânico 

site do jardim (em polaco)

Kraków-Botanic Garden (pdf)

 

Andando a pé pela rua Copérnico, ladeada de igrejas e de estabelecimentos hospitalares, mal nos apercebemos 

do n.º 27 que tem uma entrada modesta para o Jardim Botânico da Universidade Jaguelónica.

É o jardim mais antigo da Polónia. Quando foi fundado em 1783, tinha uma área de 2,4 ha e foi modelado com arranjos geométricos, para coleções de plantas medicinais e ornamentais, inspirado no estilo francês barroco. Em 1856, foi-lhe incorporada uma ilha artificial construída num afluente do Vistula. Foi ampliado várias vezes e, nos anos 50, atingiu a área de 9,6 ha.

 Museu
phoca thumb l DSC 1281   Museu
 
Secções do jardim botânico
Taxonomia das plantas: Mostra o relacionamento das várias espécies com as divisões gerais do reino das plantas.
 
Plantas protegidas e ameaçadas (Gatunki chronione i zagrożone) phoca thumb l 1349 Genética e variabilidade (Genetyka Roslin) phoca thumb l 1309
 Ecologia das flores (Ekologia Kwiatow) phoca thumb l 1338

Morfologia e ecologia (Biologia, ekologia i morfologia)

 phoca thumb l 1383
Plantas medicinais e outras plantas úteis (Rośliny lecznicze i użytkowe). phoca thumb l 1449 Jardins alpinos (Alpinarium geograficzne) phoca thumb l 1302
Jardins aquáticos phoca thumb l 1436 Arboretum phoca thumb l 1412
Plantas ornamentais (Rośliny ozdobne)      
Secções do jardim
 
Plantas tropicais em três complexos de estufas (Szklarnie) '​Victoria', a mais antiga, a estufa de inverno.
'Holandesa', com várias colecções nomeadamente as de plantas epifitas, orquídeas e outras plantas raras (estufa fechada a visitantes). 
'Jubileu' (do jubileu dos 600 anos da universidade).
  Estufa Jubileu

 

phoca thumb l DSC 1719

23 Mai 2016

Jardin des Plantes

57 rue Cuvier 75005 Paris

Links externos:

Plano de acesso ao Jardin des Plantes

Plano do Jardin des Plantes 

Plano das grandes estufas

 

Desloquei-me de RER até à gare d’Austerlitz numa manhã chuvosa e entrei pela porta da Rue Buffon. Aproveitei o mau tempo para me demorar um pouco mais na Galeria de Botânica. Entretanto, o tempo amainou permitindo uma excelente passeata pelos jardins. Saí à hora do almoço para uma refeição ligeira num pequeno restaurante da Rue Linnée. À tarde, completei o passeio com uma passagem final pelas Grandes Estufas.

O Jardin des Plantes, integrado no Museu Nacional de História Natural, é um espaço de 26 ha situado em pleno coração de Paris.
 
Galeria de Botânica
  phoca thumb l DSC 1566  Galeria de Botânica
Jardins
  • jardim alpino
  • jardim das iris
  • jardim ecológico
phoca thumb l DSC 1629 Jardins

quadrados da perspectiva:

  • jardim das borboletas
  • jardim das plantas de recurso
  • jardim das estações
phoca thumb l DSC 1589 Quadrados da perspectiva 
Grandes Estufas
  • Florestas tropicais húmidas
  • Desertos e meios áridos
  • Nova Caledónia
  • História das plantas
phoca thumb l DSC 1699     Grandes Estufas
 
phoca thumb l DSC 0346

28 Ago 2014

De Hortus Botanicus

Plantage Middenlaan 2A,
1018 DD Amsterdam, Nederland

Links externos:

Ver overview 

Ver mapa do Hortus com localização de espécimes

 
De Hortus Botanicus de Amsterdão foi fundado pelo município em 1638 como um jardim medicinal para prevenir a cidade contra a uma nova epidemia de peste, como a que ocorreu no período de 1634-1637 nas cidades de Leiden e Utrecht.
Entrou em crise na passada década de 80. Em 1986, perdeu o interesse científico para a Universidade de Amsterdão, que lhe retirou o financiamento. No ano seguinte, for criada uma sociedade de Amigos do Horto de Amsterdão que apresentou um plano de recuperação.
Actualmente, é uma instituição autónoma, a Fundação do Jardim Botânico, financiada pela sociedade de amigos e pela cidade.

Tem cerca de 4.000 espécies numa superfície de apenas 1,2 ha. 

phoca thumb l DSC 0237 phoca thumb l DSC 0345
O acolhimento com o café à entrada (De Oranjerie, numa construção de 1862) é simpatiquíssimo, quer na esplanada do terraço, quer no seu interior onde comi uma refeição ligeira.
 

Rotas

 Rota da Evolução:  
A rota inicia-se na entrada e tem seis estações: 1. Da água ao solo, 2. O solo torna-se verde, 3. A vegetação cresce cada vez mais, 4. As gimnospérmicas conquistam o mundo, 5a. E as plantam adquirem flores, 5b. Pastos
 Rota das Árvores:
Com 24 árvores monumentais.
 Rotas

Colecções

Palmeiras
As palmeiras encontram-se nos jardins ao ar livre e nas estufas, em particular na estufa tropical, e cícadas, no terraço e na estufa das palmeiras.
Carnívoras
Carnívoras da Austrália e da África do Sul, distribuídas pela estufa subtropical em pântanos e, as mais árduas, em cama especial junto à estufa tropical. 
Lista Vermelha
Várias dezenas de plantas em vias de extinção.

Jardim

Snippendaal
Contém uma colecção de ervas medicinais do século XVII baseada no catálogo do Hortus redigido pelo seu director Joahannes Snippendaal em 1646.
Lago
Encontra-se com facilidade graças às folhas gigantescas da Gunnera e está cercado pela coleecção de Rhododendron
Semicírculo
Concebido em 1863 num estilo formal, alberga o Jardim Sistemático em que as plantas estão dispostas umas em relação às outras seguindo os critérios da sistemática molecular (APG).
   Semicírculo

Estufas

Estufa dos 3 climas
Repartida em três zonas isoladas: os subtrópicoso deserto e os trópicos.
 Estufa dos 3 climas
Estufa das palmeiras (1912):
Alberga palmeiras, cícadas e plantas envasadas.
 Estufa das palmeiras
Estufa das borboletas
Habitat de borboletas e do desenvolvimento de plantas tropicais com interesse económico: café, cacau, chá, arroz, pimenta, cana-do-açúcar. 
 
De regresso à rua, passando pela loja instalada na antiga casa do hortulanus.:
phoca thumb l DSC 0234phoca thumb l DSC 0347

 

Subcategorias