phoca thumb l 2018 05 15img 0451

Jardim Botânico da Ajuda

Instituto Superior de Agronomia

Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa

Links externos:

Mapa

Site do jardim 

 

"  O Jardim Botânico da Ajuda (JBA), Unidade de Apoio Tecnológico do ISA, pertence-lhe desde 1910, integrado como infra-estrutura de ensino e investigação. Foi fundado em 1768, tendo sido projetado por um botânico italiano, Domingos Vandelli, vindo de Pádua e chamado pelo rei D. José para ensinar os seus príncipes.

Apesar de Lisboa ter sido lugar de muitos hortos que albergaram as coleções de plantas vindas de África, Ásia e América, o JBA é o primeiro Jardim Botânico de Portugal desenhado com o fim de manter, estudar e colecionar o máximo de espécies do mundo vegetal. Chegou a ter 5000 espécies dispostas segundo o sistema sexual proposto por Lineu, mestre de Vandelli.

Possui uma área de quase 4ha, divididos por dois tabuleiros com um desnível de 6,8 m entre eles. A arquitetura do Jardim segue os modelos renascentistas em terraços talhados na encosta, tendo três elementos fundamentais, pedra esculpida, plantas e água em fontes e lagos. No entanto, os ornamentos existentes no jardim têm influências marcadamente barrocas (nomeadamente a fonte central e as escadarias (laterais e central). O jardim tem dois tipos de uso: no tabuleiro superior a coleção botânica e no tabuleiro inferior o jardim de passeio ornamental com buxo e traçado conforme as regras do jardim de recreio. Existe ainda, «o jardim dos aromas» com plantas aromáticas e medicinais, desenhado para invisuais, o "Jardim Olissiponense, recentemente criado com as plantas autóctones da região de Lisboa, e uma mata onde se pode brincar.

Na sua área envolvente encontra-se o Palácio da Ajuda, o Jardim-Museu Agrícola Tropical, o Mosteiro do Jerónimos, o Centro Cultural de Belém e a Torre de Belém."

(https://www.isa.ulisboa.pt/jba/apresentacao. Consultado em 06/07/2019)

 
 
727px rainforest bluemountainsnsw Galeria
 
 

 

Voltar a Visitas