O sítio foi instalar-se num terreno no bairro ribatejano com cerca de um hectare e solo argiloso, num clima rigoroso e de extremos, e logo se revelou grande demais para o ter em condições em pouco tempo. O trabalho foi-se fazendo com

paciência e dores e, pouco a pouco, começaram a ver-se resultados.

 Quis o uso que “sítio” fosse a tradução barroca do hipergótico termo informático site. Literalmente, este site é o sítio do Tremontelo. Sem ele, e sem as outras contas em blogues e redes sociais que o antecederam, o Tremontelo não existiria. Não que o terreno, que, por aquisição, é pertença do autor, seja uma ficção: ele existe de modo inominado, senão de pedra e cal, certamente de argila, sobreiros e geadas, e tem um número qualquer no cadastro camarário. Mas, quando os amigos perguntam “então, como vai o Tremontelo?”, eles não me perguntam pelo terreno, mas pelo maravilhoso que lhe está incrustado: as conversas com gatos, os nomes de estradas e praças deslocados das memórias e hábitos de falar da pequena grande cidade que é Lisboa, o fabuloso espólio de plantas fruto de obsessivo coleccionismo, o seu arranjo arquitectónico em jardim edénico, a luta contra a intempérie e outras contrariedades obscenas, os lugares onde se cruzam o profano e o sagrado, e aquele modo peculiar de existir que é existir para a consciência de alguém.

19991123
O terreno em 23-11-1999

As minhas primeiras incursões na Net não me lembro de quando datam.  Já não há registos de quando subscrevi uma conta do Blogspot e publiquei o primeiro postal do blogue Tremontelo. O certo é que me lembro de andar cá e lá aos fins de semana.

Em 2005, construímos uma pequena casa para passar os fins-de-semana, feriados e férias com mais conforto e, em meados de 2007, quando fiquei desempregado, vim morar para o sítio decidido a transformá-lo, a humanizá-lo, a torná-lo um lugar habitável, saudável e delicioso.

Em Março de 2008, criei uma conta no Multiply (já desaparecido), o site Vale de Moinhos - Tremontelo e, a partir de Novembro desse ano apareceu o blogue O Lugar e os Monos. O blogue O Tremontelo ficou inactivo desde essa altura até Outubro de 2009 com a publicação do postal Reatando a conversa com o público e os gatos...

No ano passado, a partir dos primeiros dias de Janeiro perdi, por razões técnicas, o acesso ao blogue e só o recuperei em Agosto com a publicação do postal recomeço. Durante esse período postei para o blogue o Bairro Taxa no Sapo reflectindo sobe as minhas primeiras memórias de infância.

 

 

Este novo blogue pretende dar continuidade aos blogues anteriores. Foi activado no menu o item Arquivo que constitúi o repositório dos postais mais antigos. Ver o último postal do blogue Tremontelo.

Portal das Angiospérmicas

Portal das Angiospérmicas foi um site consagrado às plantas com flor do Sítio do Tremontelo, devidamente classificadas segundo os critérios do APG III e ilustradas com fotografias. Eram igualmente descritos os cuidados de cultivo e as utilizações das espécies apresentadas.Os assuntos do Portal das Angiospérmicas, actualmente descontinuado, foram integrados neste site nos itens de menu Os Processos e Inventário.. 

Outros blogues

 

Comentários   
0 #4 Rui Fernandes 08-01-2016 18:29
Palpitava-me que andavas na boa-vai-ela. Que saudades de outras ilhas desse arquipélago que nessas não tive ainda ensejo de ancorar. Podes deixar aqui os olás que quiseres, que o domínio está registado em meu nome e terei alojamento garantido enquanto tiver dinheiro para o pagar (não chega a 4 cafés por mês). E acabaram-se as dependências e arbitrariedades. Portanto, um bom ano e muitos comentários (se encheres uma caderneta de comentários podes candidatar-te à Presidência) :)
Citar
+1 #3 Justine 08-01-2016 15:17
Finalmente, um local onde deixar um olá! Andei meio desatinada à procura de um email teu para te agradecer um comentário que deixaste no Quarteto, e não encontrei.Agora, mais apaziguada, digo-te que sabe bem saber que poderemos entrar em diálogo quando nos apetecer - mas isso só quando voltar de férias (Ilha do Fogo e alguns dias de relax na Boavista), que me apanhaste quase quase a partir. Um bom ano, amigo!
Citar
0 #2 Rui Fernandes 08-01-2016 10:34
Obrigado, Teresa, pelo teu comentário e sugestões. :D O blogue criei-o de raiz com as ferramentas que me pareceram mais fáceis e rápidas de dominar e ainda não estou muito hábil nisto. O tamanho e tipo de letra é-me pré-definido pelo editor que tenho à mão. Hei-de descobrir maneira de o configurar ou de substituí-lo. A alternativa seria meter-lhe headings que são descomunais. Peço-te um pouco de paciência até ter o problema resolvido. A questão do feed também parece estar resolvida. É bom ter o teu feedback porque deste lado não me apercebo de muitas coisas. Gostava de te ter aqui como utilizadora registada. Acho que o podes fazer a partir do próprio blogue mas não tenho a certeza. À espera de mais, entretanto um bom ano para vós.
Citar
+1 #1 Teresa Durães 07-01-2016 13:26
Olá, há quanto tempo! Posso só pedir uma coisa? Colocar as letras maiores porque uns de nós (cof!) não veem na perfeição. De resto, seja bem vindo de novo o Tremontelo!
Citar
Comentar


Código de segurança
Atualizar

Temos 82 visitantes e 0 membros em linha